Qualquer semelhança é mera conhecidência...

sábado, 31 de dezembro de 2011

Infelizmente esta nunca me foi uma boa data, considero o pior dia do ano, pois vejo, que mais um ano chegou ao fim, e nenhuma das metas impostas por mim ou pela sociedade, foi realizada... e os sonhos todos permanecem apenas no papel...
Continuo só... minha vontade era que em meio aos fogos de artificio, alguem viesse entre as pessoas, correndo em minha direção e que me pegasse, me dando um grande beijo de amor...  e que nada mais importasse...
Mais derrepente abros os olhos e me vejo aqui, num lugar tão vago, tão fora de forma, será só eu que passo a virada de ano com um bando de doidos, e depois me escondo dentro de um quarto escuro?!

Por favor será que da pra alguem cuidar de mim este ano????

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Mais um ano se aproxima, e junto com ele novas esperanças, sonhos, promessas. É menina quem sabe esse será um bom ano para você, quem sabe seus mais íntimos sonhos se realizem, é, quem sabe este ano traga mais alegria do que tristeza, mais risos e menos lágrimas, quem sabe este ano supere todas as suas expectativas, te tire o fôlego, te deixe saudade, quem sabe esse ano realmente valha a pena. “É quem sabe”. 
Kézia Castelo

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

eu espeto! e sangra...


Pareço com uma flor, mais, quem me define mesmo é o espinho...
Posso ser perigosa pois tenho em mim a arte da sedução naturalmente, usada muitas vezes sem intenção...mais que acaba por despertar sentimentos redundantes, sentimentos esses que eram melhor que nunca tivessem nascido, já que não podem ser correspondidos...
O problema é essa minha carência intolerante , que me força a suprir suas mais extravagantes necessidades de carinho, sendo totalmente falsa com meu coração e seus sentimentos...
Quando alguém se apaixona por mim geralmente é sempre o cara errado, mais com as intenções certas... então acabo dando espaço, vou me encantando mais nunca amando...
Provavelmente sou a pior pessoa do mundo, pois quando o peso da consciência já não é mais suportável, eu os descarto ...
 É tudo um jogo, em busca de compreensão  mais que no final todos perdem...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

olhando pela janela

Quando o  amor lhe acaba,você começa a fugir, do mundo, das pessoas, da solidão, e então você se acostuma, e  não sabe mais viver de outra maneira a não ser fugindo ... Mais chega num determinado momento em que você não tem mais onde se esconder, só lhe resta bater de  frente com a vida, então o medo toma conta, e a vergonha  te destroi...  olhando para fora, posso ver todos eles, me julgando e condenando, nos seus olhos trazem desprezo e uma vontade imensa de sangue...  E eu tão desprotegida e sozinha ...tenho medo de ir La pra fora...
Queria poder abraçar o mundo , conquistar os sonhos, viver e voar, junto a dois... Mais um tapa na cara sempre me acorda, e a realidade bate a porta...
O que esperar deste novo ano? Provavelmente não esperarei por nada,não irá fazer diferença, tentarei viver meus dias de olhos fechados e coração travado... isto é tudo!

E mais uma vez suas palavra me surpreenderam!!!

Eu gosto de vc do jeito q vc é, se vc fosse mais velha pelo menos mais uns 2 a 3 anos .. eu teria coragem de encarar qualquer um pra ficar com vc, eu me dou com vc, pois vc tem o msm jeito e gênio do q o meu.. muitas vezes a gente é duro e ignorante com as pessoas, e acabamos magoando as, pq muitas das vezes nao queremos nos apegar ao ponto de gostar tanto desta pessoa.. ponto chave é q temos medo de gostar e amar, e depois ser desprezado...

S.P

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

ha merce da vida...


Lá estava ela, implorando por atenção, e foi quando você apareceu confiante no amor e sensível a cada ato.
Foi ai que ela se encantou, decidiu parar e ouvir o som da sua melodia... que ecoava nas paredes de seu coração a meia noite...e o apego foi concretizado!
Mundos diferentes, sonhos iguais...este era seu destino...
A historia morreu dentro de si, restou-lhe apenas ânsia de ser feliz...
Jogou tudo para o alto fechou os olhos e partiu pro abraço...Sem data prolongada...Tome cuidado quem estiver por perto, alguma hora ela vai cair, e você pode ser levado junto...

Deixa, deixa ela tentar ser feliz, buscar a lua e as estrelas, quem sabe ele não traz pra ela... Sonha menina, sonha e segue em frente.Aperta a mão de quem lhe quer bem....
Se o coração não sorrir, você terá vivido uma experiência , seja ela boa ou ruim...

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Procurada por ser meu Destino!!!

No momento ela se encontra destroçada, um ser amorfo e totalmente vulnerável.Perdeu a vida, o brilho e o sentido.Está abatida em estado de loucura...
Ela é frágil como uma flor, e tão...insegura. haa como ela é insegura!
Seu coração afrouxado bate num ritmo descompassado, e seu maior desejo é ser notada, é ser amada, e agradar a todos...
Luta contra dor e ressentimento buscando apenas um olhar, Ela é doce e meiga, mais ao mesmo tempo totalmente pervertida, sua carência é estrema, e sua vida é fingida .
Ela é daquelas que acredita no amor e sonha com príncipes encantados, por ser assim é julgada e apedrejada. Seus contos são de tristezas, suas fabulas de buracos..Seu choro é lento e suave, sua vida é maciça e monótona.Seu leito é quentinho e convidativo como um abraço.
Sua mente é um acumulo de porcarias, o motivo da sua loucura de cada dia...

É, ela é assim, e eu a amo mesmo tendo todos esses defeitos, porque eu sei que eu irei salva-la de tudo isso, e muito mais...não ligo para suas opiniões, ela é minha e isso o que importa, dentre tantas ela foi a escolhida para mim... eu também não sou perfeito, ela também será minha salvação, juntos faremos um novo mundo...  Eu só preciso encontrá-la.. por isso escrevo,para vocês  poderem me ajudar a encontra a minha princesinha...

Caso tenham informações sobre a “princesa deformada pela vida” , favor entrar em contato com  o “ príncipe encantado”...
                       Ass: O próprio!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Minha pequena


Minha pequena menina,como tu cresceste rápido de mais.Agora vejo-te perdendo a doçura e a inocência de criança, dando lugar ao corpo de moça e a independência que eu tanto temia.
Lembro-me como se fosse ontem, tuas simples palavra no teu maior medo : perder-me..
Antes me pedia insistentemente para jamais lhe esquecer, e hoje me conta sobre garotos...
Já aprontamos tanto, e hoje mal nos vemos.. eu era a sua melhor amiga, sabia de seus segredos, seus medos e seus sonhos... hoje, não sou convidada para suas festas de pijama...Não me sinto excluída, jamais me sentirei...Sei do quanto me amas, e sei do lugar que eu preencho em teu coração...
Mais sinto falta, de ser seu modelo, de te dar conselhos e de como você me obedecia, acho que sinto falta ate de nossas tantas brigas, de ser chamada de “nani”, de como você andava grudada em meus braços... e isso, perdemos com o tempo, você cresceu e eu mais ainda...Vejo você se tornar quem eu mais temia...longe de mim, da minha proteção, você segue apenas suas amigas.
Há minha menina, como eu queria estar perto de ti, te cuidando, te fazendo feliz como agente era nas pequenas coisas...Cuida-te minha pequena, meu tesouro.. amo –te de mais...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Um ex-ex-colega !!!

Não é tão simples assim, olhar e sorrir que já está tudo bem... Vocês banalizam de mais as próprias palavras,não sabem nem ao certo o que foi ou é verdade. Pena eu  não ter essa capacidade tão redundante, tão extra-ordinária ...Infelizmente para minha sorte ou derrota, eu tenho o consenso da realidade pesando sobre minhas razões... Pesando cada palavra dita por cada insignificante pessoa... E as suas, tiveram um alto peso de: dor, mágoa e angustia... Foram palavras árduas que provocaram o choro, chegando quase ao estremo da loucura entre o meu “anjinho e capetinha” ...
E agora vem você, com essa cara de tacho, achando que sorriso é borracha... Que pena amor, sem um belo de um pedido de perdão, nada posso fazer por você...Serei indiferente a qualquer ato teu de aproximação... Serei, uma estranha em sua vida, e você não passara de mais um que pisou, deixou marca, foi-se, mais eu superei... E ...Qualquer sentimento que existia por você, fosse ele bom ou ruim, ele desapareceu ...Não sinto nem ao menos “dó”, que pela lógica, depois da guerra quando você ainda tem forças para rir, é o sentimento mais apropriado para um rival... Mais não! Fique tranqüilo, não serei uma ameaça a você, sua vida já não me interessa mais...Te entrego de bandeja ao julgamento!!
Bjos pra vc seu jumento!!! Ahushuahsuhau



Obs: Galerinha não deixem de colocar os creditos nos textos que vcs pegam daqui ok... coloquem os creditos tanto do blog(Lua de Papel) como do Eu-lirico (Catterpilar) como da escritora aqui (Danielle . P) ^^ Obrigada kiss!!!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Ninguem nunca passou além dos limites das aparências com ela.

Seus mistérios e seus segredos, ninguém jamais chegou a conhecê-los, ninguém nunca viu nada alem de uma beleza estonteante e suas marcas de expressões em seu rosto de aparência ingênua e maléfica ao mesmo tempo.
Ela é quieta e reservada, de poucas palavras, mais tudo o que tem, sempre desejou compartilhar com alguém...Ela apenas não deixa a mostra seus sentimentos, com medo de que eles possam secar, ou que lhe invejem ao ate mesmo lhe roubem...
Ela leva consigo muita bagagem que ninguém nunca se quer quis dividir ou aliviar seus cansados ombros.Pelo contrario todos sempre colocando, mais e mais.
Isso tem lhe causado dor e sofrimento, então... quando alguém diz que “a Ama” ela acredita e sorri. E assim correm em sua direção como se fossem grandes amigos. Mas quando seu sorriso desaparece todos se vão com ele...
Eles não se interessam por seus problemas e dificuldades, eles de uma forma oculta exigem que ela sorria o dia inteiro, pois assim faz parecer mais suportável estar ao lado dela...Tudo o que querem são favores e um rostinho bonito para desfilarem em meio ao publico.
Seus amigos são seus pais, um cachorro e uma garota bastante confiável e aparentemente sincera...
As duas nutrem entre si uma amizade verdadeira.Essa garota é a única com quem ela sente que existe um verdadeiro amor dentro da amizade, por quem ela ainda não perdeu a fé... E não quer e nem pode perder a fé nela, pois se tal coisa acontecesse, ela não teria mais nenhuma amiga com quem pudesse contar, e sua fé na humanidade se esfriaria completamente.
Voltando ao começo, como eu ia dizendo, seus mistérios e seus segredos, ninguém jamais chegou a conhecê-los...Mais ela acredita que existe alguém em algum lugar deste mundo, que procura por ela, por uma garota de mistérios, com quem possa dividir sua bagagem sem se importar com o peso, alguém esse que não tem medo de coisas novas, alguém que diga “sim” para o seu grande amor...


Dani.P Caterpillar

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O moço da moto!

Quem é ele? Me perguntei , quem é esse moço, que passa de moto e me fita com o olhar? Quem é ele, que passa pela mesma rua que eu, em sentido contrario? Sempre o mesmo horário, sempre a mesma camiseta, seu uniforme eu imagino...
Me diga, quem é você?
Meses e meses apenas me filmando, me possuindo apenas com um olhar, me cuidando em um segundo e me deixando no outro... deixando assim, meio que como um ponto de interrogação...
É interessante... eu sinto falta quando não vou a aula e me pergunto se você me procura entre estas ruas e outras...
Com o tempo você passou a me dar um “OI” e eu um “SORRISO”... As aulas estão acabando, e você não me verá mais, se esquecerá de mim, e você não passara de mais um  desconhecido que cruzou meu caminho, que fez o vento balançar  meu cabelo e não deixou nome nem endereço...
Eu poderia muito bem, fazer o trabalho do destino, não é mesmo? Que tal se eu me jogar na frente de sua moto, você seria obrigado a parar e prestar socorro, socorrer meu pobre coração que sofre de abandono...
Mais não, decidi a muito tempo atrás não mais fazer o trabalho dos outros, ainda mais de um destino preguiçoso...O jeito é esperar o despertador atrasado dele despertar... Até lá enquanto puder nós continuaremos a trocar um “OI” e um “SORISSO”....

sábado, 10 de setembro de 2011

é incrivel o poder que possui um abraço, como traz a tona a saudade, a vontade de abandonar tudo, e permanecer em um momento onde so existisse eu e você... Foi falado muito mais coisas atraves deste abraço, do que mil palavras ditas...Aquele arrepio que vem subindo a vontade louca de te beijar.. foi insanidade... você estava ali tão perto e tão longe ao mesmo tempo, eu me afastei de você,precisava fugir, fugir do incerto...o sentimento e grande de mais, e a dor de te ver partir so é um tanto suportavel pelo fato de que vc sera muito mais feliz com ela do que comigo, infelizmente essa é a realidade.

Abraços que não nos pertence, apenas almenta a saudade que pertence....

quinta-feira, 18 de agosto de 2011


Foi praticamente perfeito, uma tarde de sonhos.Talvez tenha faltado alguns detalhes, mais foram só detalhes.Realmente quando você menos estava esperando, lá estava eu pensando em você, não resisti e mandei um sms, não esperava que você viesse, mais logo estava ali, pronto para se banhar comigo na mangueira.Foi tão divertido, pareceríamos duas crianças,levamos bronca alias de uma garotinha de 10anos,esquecemos de tudo, da hora, do que os outros iriam pensar.Enchemos bexigas d’agua, eu fugi de você, e você me pegou, tentei te derrubar varias vezes, só consegui uma que cai junto contigo, em compensação , você não precisava de muito esforço para me derrubar e me girar no chão.Realmente foi uma das tardes mais inesquecíveis que eu já tive, jamais esquecerei você, meu guri...


Momento com G.V