Qualquer semelhança é mera conhecidência...

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Carta a uma velha sonhadora...

Eu sempre te admirei, admirava sua forma de dançar, seu jeito de se expressar, admirava seu coração, até seus medos, seu desejos...até cheguei admirar sua melancolia.. você sempre me pareceu tão frágil e ao mesmo tempo tão forte... Cheguei em um ponto, querer ser igual a você...
Tu tinha mais do que só a minha admiração, Tu tinhas a admiração de todos e isso era invejável...
Seus sonhos, eram os sonhos de qualquer garota, mais você os tornava mais doces, mais bonitos... você nos fazia sonhar os seus sonhos, mesmo sendo os mesmos...
Era algo tão bom, mais ao mesmo tempo tão insuportável...você não nos transmitia apenas o agradavel, mais também as frustrações ... Frustrações de todos os lado, você aprendeu a pisar  onde quer que fosse, em qualquer coração, só para chegar onde queria... se tornou mimada por todas as amigas, que cegas, queriam apenas mais um brilho em seus sonhos...e quando você se frustrava por não conseguir o que queria, você nos amargava também...
 Eu fui aprendendo a ser triste, mais nunca soltei a tua mão...
Mais eu me cansei, percebi então, que estava vivendo a suas emoções... se você ria, eu ria, se você chorava eu chorava, você esperneava eu esperneava junto...
Eu tinha virado uma boneca.... a culpa não era sua! Era minha, me deixei ser influenciada, eu te invejei, invejei seus sonhos... peço desculpas.... Mais agora sou sozinha...
E ser sozinha é ter suas próprias regras, pensar por conta própria, resolver sozinha...
Eu estou vivendo a minha vida, as minha emoções... e isso é muito bom... ter as minhas próprias frustrações, meus sorrisos, minhas lagrimas e meu amor...
Não esqueço de você, guardo apenas uma coisa, a sua maneira de sonhar....


Te digo apenas, viva a sua vida e esqueça
 dos seus sonhos por um tempo...
eles nao esquecem de você..
eles vão ao teu encontro
muito mais preparados
do pensamos...


Beijos... Eu amo você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário