Qualquer semelhança é mera conhecidência...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Despedindo-se do Amor...


Quatro anos se passaram, e o sentimento permaneceu, latejando e ardendo forte, como na primeira vez que nos beijamos.... Me lembro com o se fosse hoje, mais isso não vem ao caso agora...
Você nunca soube ao certo quais os meus reais sentimentos por você...e eu também nunca achei que fosse preciso dizer, já que eu demonstrava para todos os lados aquele meu sorriso bobo, que só você era capaz de arrancar de mim...
Talvez você nunca tenha me olhado, como eu te olhava e olho até hoje...e acho que você nunca levou em consideração a proposta de sermos mais que amigos...não por falta de sentimentos, mais talvez por não querer destruir uma amizade tão bonita...
Mais eu nunca me importei em ser só sua amiga, quando o fato era... querer ficar ao teu lado...meu coração só dizia: “Faça o Feliz e eu estarei Feliz!”... eu sabia que o inesperado iria chegar um dia, sabia também que iria machucar, mas não imaginei que fosse dor tanto assim...
Me sinto traída, por ti, por ela e por meu coração que me disse que iria ficar tudo bem... 
Não! Isso não ta nada bem...ela era minha prima, talvez não a mais chegada, mais era da família... e eu tinha carinho por ela...Mais ela se mostrou a mais falsa de todas as pessoas com quem compartilho minha vida...
Isso é lastimável, não sei o que pensar, nem como agir.. a punhalada de ambos os lados me pegou desprevenida... já não sei se posso agir como de costume com você... é tudo tão estranho e horrendo, ver vocêis dois juntos é cruel demais ... me sinto agoniada, é preciso gritar loucamente, disparada mente e não dar lugar a lagrimas desnecessárias ...
O tempo vai passar e vai curar todas as feridas...



ha pedido de uma amiga que sofreu desilusão...
espero que tenha gostado....
[permita-se sofrer..]
faz parte...

Nenhum comentário:

Postar um comentário