Qualquer semelhança é mera conhecidência...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Prosa nova- Palavras inesperadas vindas de você...

_Você vai no churrasco hoje de novo?
_Não sei , acho que sim...
_Bem que você podia não ir neh?!!
_Se eu não for vou direto pra casa.
_Nossa, legal.
Uma pausa, ele percebeu a expressão dela de desapontamento, e num súbito impulso botou tudo para fora...
_Você acha que eu não tenho sentimentos?!Acha que eu não tenho vontade de pegar na sua mão e entrar por aquela porta?!Acha que eu não queria que você dançasse só do meu lado?!Você acha que eu não queria ir te abraçar depois de um peniel ?!Você acha que eu não gosto de você?! Você é loca?!    Os teus pais não gostam de mim, a minha mãe não gosta de você, agente vai causar brigas, você vai ficar de castigo e a casa vai cai pra você... Eu não quero sofrer  e não quero que você sofra, principalmente você... acredite eu já passei por isso...
Ela permaneceu em silencio, sem nenhuma resposta, paralisada pelo choque das palavras tão inesperadas, seus olhos encheram de lagrima, só não tinha certeza se era pelo peso da razão das palavras ditas por ele ou se pelo amor que aumentava a cada segundo em que ele se explicava...(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário