Qualquer semelhança é mera conhecidência...

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O moço da moto!

Quem é ele? Me perguntei , quem é esse moço, que passa de moto e me fita com o olhar? Quem é ele, que passa pela mesma rua que eu, em sentido contrario? Sempre o mesmo horário, sempre a mesma camiseta, seu uniforme eu imagino...
Me diga, quem é você?
Meses e meses apenas me filmando, me possuindo apenas com um olhar, me cuidando em um segundo e me deixando no outro... deixando assim, meio que como um ponto de interrogação...
É interessante... eu sinto falta quando não vou a aula e me pergunto se você me procura entre estas ruas e outras...
Com o tempo você passou a me dar um “OI” e eu um “SORRISO”... As aulas estão acabando, e você não me verá mais, se esquecerá de mim, e você não passara de mais um  desconhecido que cruzou meu caminho, que fez o vento balançar  meu cabelo e não deixou nome nem endereço...
Eu poderia muito bem, fazer o trabalho do destino, não é mesmo? Que tal se eu me jogar na frente de sua moto, você seria obrigado a parar e prestar socorro, socorrer meu pobre coração que sofre de abandono...
Mais não, decidi a muito tempo atrás não mais fazer o trabalho dos outros, ainda mais de um destino preguiçoso...O jeito é esperar o despertador atrasado dele despertar... Até lá enquanto puder nós continuaremos a trocar um “OI” e um “SORISSO”....

Nenhum comentário:

Postar um comentário