Qualquer semelhança é mera conhecidência...

terça-feira, 25 de junho de 2013

Como inventar um adeus se já é amor?

Não quero reescrever
As nossas linhas
Que se não fossem tortas
Não teriam se encontrado
Não quero redescobrir
A minha verdade
Se ela me parece tão mais minha
Quando é nossa
Não me deixe preencher com vazios
O espaço que é só teu
Não se encante em outro canto
Se aqui comigo você já fez morada 
Como cortar pela raiz se já deu flor?
Como inventar um adeus se já é amor? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário